terça-feira, 31 de março de 2009

O que sou

Sou a Lua, sou o Sol,
Sou quem sou, o que sou e o que serei
Sou o ontem, sou o hoje e o amanhã.

Sou a alegria e a tristeza,
Sou o vício e a viciada,
Sou a loucura e a prudência.

Sou a sabedoria e a ignorância,
Sou o dar e o receber,
Sou o mar, sou a terra, sou o ar.

Sou a vida e sou a morte,
Sou o renascer e o sobreviver,
Sou o calor, sou a chuva e sou o vento.

Sou o voar, o correr e o nadar,
sou a liberdade e a prisão,
a verdade e a ilusão.

Sou o pão e a água,
Sou a luz e a escuridão,
sou sim, sou não!

Sou tudo e sou nada,
Sou o corpo, sou a mente e a alma.

Sou a beleza pura, a beleza rara, a beleza ingrata!

Mas, acima de tudo, sou o amor, sou a amante e sou a amada!

Boa viagem! Vamos ter saudades tuas!


A nossa princesinha já partiu para a sua viagem a Cabo Verde, por cá resta-nos desejar que tudo corra pelo melhor, que se divirta muito e que desfrute de todo o "calor e sabor" do solo africano. Será de certeza uma viagem única e inesquecível!

Esperamos que este sorriso venha ainda maior, e nos traga todas as energias positivas que recolheu por terras de Cabo Verde.

segunda-feira, 30 de março de 2009

Deixam de tributo...

Com grande tristeza minha soube que os Ala dos namorados terminaram. Resta-me saborear aquilo que nos deixaram. Esta música de Nancy Vieira com a sua voz quente em duo com a doce voz de Nuno Guerreiro e a belíssima interpretação músical de Rão kyao, deixam-me a chorar e a desejar mais...

sexta-feira, 27 de março de 2009

Magra

Porque amei esta música, porquê? Não sei!!!

quinta-feira, 26 de março de 2009

O Zahir

Zahir, em árabe, quer dizer visível, presente, incapaz de passar despercebido. É algo ou alguém que, uma vez que o contactamos, acaba por ir ocupando a pouco e pouco o nosso pensamento, até não conseguirmos concentrar-nos em mais nada. Isso pode ser considerado santidade ou loucura.

(Faubourg Saint-Pères - Enciclopédia do Fantástico, 1953)

"...era a minha razão de viver, que renunciou à minha companhia porque o seu amor por mim era maior até.., que me fez viajar em busca do meu sonho... sendo capaz de amar sem se humilhar, sem pedir perdão por lutar pelo seu homem...

... a maioria das pessoas diz "estou óptimo , consegui tudo o que desejava"..."tenho tudo o que uma pessoa pode sonhar família , casa, trabalho, saúde"...

Então o sentido da vida é trabalho, família, filhos que vão crescer e deixá-lo, mulher ou marido que se transformarão mais em amigos do que em verdadeiros apaixonados. E o trabalho vai terminar um dia. O que fará quando isso acontecer? Nada. Ou então muda-se de assunto, torna tudo mais fácil não abordar a questão.

... o que é a liberdade? É ver o seu marido não se importar nem um pouco com o que está a fazer? É sentir-se sozinha, sem ter com quem partilhar os sentimentos mais íntimos, porque na verdade a pessoa com quem se casou está concentrada no seu trabalho, na sua importante, magnifica, difícil carreira?...

... Éramos amigos, companheiros, divertíamo-nos com os mesmos programas, eu arriscaria dizer que até havia espaço para um determinado tipo de amor...

... para recordar que todos os dias preciso de me reconstruir a mim mesmo, e parar pela primeira vez em toda a minha existência aceitar que amo um ser humano mais do que a mim próprio.

... Os falsos amigos são os que só aparecem nos momentos difíceis , com aquela cara riste, de "solidariedade", quando na verdade o nosso sofrimento está a servir para os consolar nas suas vidas miseráveis ."

Paulo Coelho, in O Zahir

terça-feira, 24 de março de 2009

Rezo, por ti!

Não sou baptizada, não sou católica, nem sou mulher de crenças. Tenho uma adoração pela Nossa Sra. de Fátima, muito pelo encanto da sua história. A única reza que sei foi a minha mãe que me ensinou e já não me lembro da última vez que rezei.

Vai parecer uma contradição mas...

esta noite vou rezar por ti!!!

sábado, 21 de março de 2009

Hora do planeta

Portugal adere a iniciativa de sensibilização.

Dia 28 de Março 2009,

Durante uma hora, Lisboa sofrerá um apagão e os principais monumentos da cidade ficarão às escuras. No dia 28, esta será a forma da capital portuguesa reduzir os consumos de energia ao aderir à Hora do Planeta. Uma iniciativa da organização internacional de ambiente WWF, que tem por objectivo alertar os líderes políticos para a necessidade de adoptarem medidas urgentes contra as alterações climáticas.

Cristo-Rei
Ponte 25 de Abril
Mosteiro dos Jerónimos
Palácio de Belém,
Museu da Electricidade,
Torre de Belém,
Padrão das Descobertas,
Castelo de São Jorge
e Paços de Concelho ficarão apenas iluminados pelas estrelas entre as 20.30 e as 21.30. Centro Cultural de Belém também aderirá à iniciativa, apagando as luzes durante quinze minutos.

Lisboa junta-se assim, pela primeira vez, às mais de 700 cidades que participam na Hora do Planeta. No ano passado, mais de 5o milhões de pessoas em todo o mundo fizeram parte desta mega mobilização, esperando-se este ano uma adesão de mil milhões de pessoas.

Todos os portugueses serão convidados também a apagar as luzes das suas casas, reduzindo o consumo eléctrico e as emissões de gases com efeito de estufa, juntando-se assim ao coro de vozes que tenta sensibilizar os responsáveis políticos para o problema do aquecimento global, explicou ao DN Angela Morgado, da WWF Portugal.

As empresas em Portugal também se mobilizaram e prometem apagões e acções de sensibilização nos seus espaços durante a Hora do Planeta. Entre elas estão já confirmadas a Coca-Cola, o IKEA, a Ogilvy Mather, a Nokia, a SIC e a Visão.


Ps. Eu vou optar por apagar as luzes... aproveito acendo umas velas e ainda crio um clima romãntico! :P

quarta-feira, 18 de março de 2009

O Silêncio

Quando a ternura
parece já do seu ofício fatigada,

e o sono, a mais incerta barca,
inda demora,

quando azuis irrompem
os teus olhos

e procuram
nos meus navegação segura,

é que eu te falo das palavras
desamparadas e desertas,

pelo silêncio fascinadas.

Eugénio de Andrade

segunda-feira, 16 de março de 2009

Pensamento...

Eu vivo a vida, um dia de cada vez...

Cresci a ouvir sempre dizer... a vida já é tão complicada, para quê complicá-la ainda mais?!!

Tento seguir esse pensamento... há dias mais complicados que outros, há situações mais difíceis de suportar, há palavras mais difíceis de ouvir, actos difíceis de perdoar... mas também existe o outro lado da moeda... a seguir a um dia complicado virá outro bem melhor, a seguir à palavra difícil de ouvir virá uma que nos fará gargalhar, a seguir ao acto difícil de perdoar haverá a sensação de orgulho em ter superado mais uma barreira.

Vamos trocar as voltas à vida e brincar com o tempo...

sexta-feira, 13 de março de 2009

As três da vida airada... manas lindas!!!


Da esquerda para a direita:
A loiraça boazona Kate Rose; a J. LO portuguesa que devia ter nascido no Brazil, Beta; e a chinezinha com cara de rata Joana.

Se algum dia passarem por estas três miudas, desviem-se, elas são desatinadas!!!

quinta-feira, 12 de março de 2009

Uma gracinha de música...



Que música deliciosa!!! Não acham?

quarta-feira, 4 de março de 2009

O Amor poliglótico

Ontem ouvi esta música, que já estava escondida no meu sótão. Que bom foi voltar a ouvi-la!

Fechei os olhos e
por instantes senti-te ali,
num momento tão intenso como único,
só eu e tu e o nosso desejo profundo.